I

Entre Direita e Esquerda, prefiro a Esquerda – democrática!

Entre Socialistas e Liberais, prefiro a coexistência necessária.

Entre Liberal e Libertário, o Libertário (não existe libertário de direita!).

Entre Marx e Bakunin, prefiro Bakunin traduzindo Marx!

Entre Bakunin e Proudhon, prefiro Proudhon.

II

Entre Comunismo e Anarquismo, prefiro o Anarquismo.

Entre Iran, Coréia do Norte, Rússia e USA, prefiro USA.

Entre Democracia e Ditadura, Democracia.

Entre neofascismo e direitos fundamentais, direitos fundamentais.

Entre autoritarismo e ἀναρχία, prefiro ἀναρχία (assim, no original!).

Entre fascistas e partigiani, prefiro os partigiani!

III

Entre Sofistas e Sócrates, prefiro os Sofistas.

Entre Sócrates e Platão, Sócrates.

Entre Platão e Aristóteles, Aristóteles.

Entre Aristóteles e Epicuro, prefiro Epicuro.

IV

Entre Homero e Hesíodo, prefiro Hesíodo.

Entre Hesíodo e Saphos, Saphos.

Entre Esparta e Atenas, prefiro Atenas.

V

Entre templos e escolas, prefiro escolas!

Entre prosa e poesia, poesia!

Entre dogma e alma, alma!

Entre impor e debater, debater.

Entre dialética e pluralismo, pluralismo.

Entre religião e irreligião, irreligião.

Entre teologia e filosofia, prefiro filosofia.

VI

Entre irmão e amigo, prefiro o amigo.

Entre deuses e seres humanos, seres humanos!

Entre deus e diabo, o diabo.

Entre choro e riso, não prefiro (é situação…).

Entre o distante e o próximo, prefiro o próximo.

VII

Entre matriculados e estudantes, prefiro estudantes!

Entre sinopses e doutrinas jurídicas, doutrinas.

Entre conteúdos digitais e livros, livros.

Entre livros físicos e livros digitalizados, livros físicos.

Entre sala dos professores e pátio, o pátio…

Entre sala de aula e sala dos professores, a sala de aula.

Entre pátio e cantina, a cantina.

Entre Direito e Ciências Jurídicas e Sociais, as Ciências Jurídicas e Sociais.

VIII

Entre Shopping Center e Lojas de Bairro, prefiro as Lojas de Bairro.

Entre Super Mercado e Mercado Municipal, o Mercado Municipal.

Entre bancos e empresas, as empresas.

Entre Agronegócio e Agricultura Familiar, o equilíbrio.

Entre rodovias e ferrovias, prefiro as ferrovias.

Entre caminhões e ônibus e os trens, os trens.

IX

Entre clérigos e artistas, prefiro os artistas.

Entre sala de aula quadrada e sala de aula circular, a circular.

Entre cemitérios e maternidades, as maternidades.

Entre sentença e mediação, a mediação.

Entre governo e autogestão, a autogestão.

Entre governo e professores, os professores.

Entre petistas e antipetistas, prefiro a cachaça.

X

Entre vias e ciclovias, prefiro as ciclovias.

Entre o rural e o urbano, prefiro as vias de acesso.

Entre códigos e microssistemas, os microssistemas.

Entre leis e contratos, prefiro os contratos.

XI

Entre Levítico e Cântico dos Cânticos, prefiro o Cântico dos Cânticos.

XII

Entre adestramento e criatividade, prefiro a criatividade.

XIII

Entre Cristianismo e Judaísmo, prefiro o Judaísmo.

Entre Moisés e Aarão, Moisés.

Entre Rabinos e Sacerdotes, os Rabinos.

Entre Cristianismo e Jesus, Jesus.

Entre Paulo e Jesus, Jesus.

Entre Jesus Cristo e Jesus de Nazareth, Jesus de Nazareth.

Entre a Igreja de Constantino e a Comunidade Primitiva, a Primitiva.

Entre o Clero e as Bruxas, as Bruxas.

Entre igrejas e terreiros, os terreiros.

Entre judeus ortodoxos e judeus liberais, prefiro os conservadores quase liberais.

XIV

Entre não ter filhos e ter filhos, prefiro ter filhos.

Entre Fratelli D’Itália e ‘O Sole Mio, prefiro ‘O Sole Mio.

Entre Ouviram do Ipiranga e Luar do Sertão, o Luar do Sertão.

Entre Hamás e Israel, Israel.

Entre Kibutzim e Estado, os Kibutzim.

Entre Israel e Palestina, prefiro Dois Estados para os Dois Povos.

XV

Entre parafuso e porca, prefiro a porca.

XVI

Entre ósculo santo e beijo pagão, prefiro o beijo pagão.

Entre Línguas e Linguagem, a Linguagem.

Entre pão francês e bolo de fubá, bolo de fubá.

Entre carne e frutas, prefiro as frutas.

XVII

Entre Rio e Napoli (é melhor não preferir, mas prefiro Napoli)

Entre Rio e São Paulo, prefiro a mulher do próximo.

Entre Roma e Napoli, prefiro Napoli.

XVIII

Entre a boca e o umbigo da mulher amada, prefiro o caminho todo!

Entre o umbigo e o jardim, prefiro a plenitude…

Entre um gozo e outro, prefiro todos e falas desconexas!

XIX

Entre novela e sexo, prefiro o sexo.

Entre futebol e sexo, prefiro o sexo.

Entre noticiário e sexo, prefiro o sexo.

Entre sexo e sexualidade, prefiro a sexualidade.

Entre ler e fazer amor, prefiro fazer amor.

Entre Eva e Lilith, prefiro Lilith.

Entre Lilith e Sulamita, Sulamita.

Entre esposa e amada, prefiro a amada.

Entre amada e amante, prefiro a nudez.

Entre ato jurídico cartorário e amor livre, o amor livre.

XX

…e, entre isso e aquilo, o melhor não é o que eu escolho, mas a liberdade de (e para) escolher!

*

9 de janeiro, 2016

© Pietro Nardella-Dellova